Month: May 2016

Tutorial de Soluções de Design para Personagens, Monstros, etc. – Parte 1

Olá! De volta com mais um tutorial. Depois de ler uma parte do livro Manga Matrix e Super Manga Matrix, me deu vontade de escrever sobre esse assunto e talvez ir um pouco além do conteúdo do livro, trazendo listas mais extensas e um método passo-a-passo para a criação de personages e criaturas fantásticas e originais.

O conteúdo desta série de tutoriais encaixa-se na etapa D2 – Definir Possíveis Soluções, do processo descrito anteriormente.

Muito bem… Então você tem que criar um personagem para um determinado jogo, e você se pergunta: Quem é ele? Qual é sua aparência? Como é seu comportamento? O que ele quer? Por quê? O que ele faz? O que gosta e desgosta? Como ele se veste? Onde vive? Em que época? O que come?

Este tutorial tentará ajudá-lo a encontrar respostas (originais) para algumas destas perguntas.

Primeiro iremos focar na sua aparência, sua forma. Para, isso apresento uma ferramenta, que chamarei aqui de Tabela de Operações Básicas. Estas operações básicas podem aplicadas a qualquer forma, parte ou elemento existente para obter uma nova forma, parte ou elemento completamente diferente da anterior! Quando você sentir um bloqueio criativo, tente aplicá-las!

Tabela de Operações Básicas
Forma Fixa Forma original. Por exemplo: braço com mão normal.
Forma Não-Fixa Uma parte da forma é alterada, tendo outro material. Por exemplo: braço com mão de areia.
Forma Coletiva A forma é representada pela união de partes menores. Por exemplo, raízes e galhos tomam a forma de um braço.
Forma Mecânica A forma é representada de forma mecânica.
Forma Quebrada A forma recebe fraturas/fissões.
Aumento/Diminuição de Número de Partes Por exemplo: 4 braços.
Expansão/Contração do comprimento das partes Por exemplo: dedos são alongados.
Crescimento Crescimento de algo estranho para a forma. Por exemplo, pelos muito compridos.
Combinação/Síntese de Elementos Algum elemento é combinado com outra estrutura.
fc7c3fe9ec1afc8001e935c0b49aa3c9

Exemplo da aplicação das Operações Básicas num braço Adaptado de (Tsukamoto, 2006)

Podemos ver neste vídeo do Feng Zhu a aplicação de algumas destas operações para a criação de silhuetas de objetos.

aranhas copy copy

Neste exemplo, temos à esquerda a silhueta de uma aranha. No meio temos o resultado depois de aplicar algumas das operações básicas: aumento do número de patas, contração do comprimento de algumas patas, crescimento das asas, expansão do abdomen e presas. À direita temos o resultado de uma combinação tendo como base uma aranha recebendo asas de um morcego.

predios

Estas operações podem ser aplicadas a qualquer coisa. Podemos trocar o material de um prédio por areia, duplicar alguma parte, por exemplo.

Muitas vezes a operação mais utilizada será a Combinação, principalmente se o objetivo for criar criaturas meio-humanas ou monstros híbridos, como minotauros, fadas, dragões, pôneis, etc. Para ajudar nesta tarefa, elaborei, baseado no livro, a imagem abaixo. Ela contém as nove Operações Básicas com um espaço vazio para você marcar se ela será utilizada ou não, e depois disso contém a matriz de formas. Todo personagem terá uma forma básica e em seguida as suas partes terão outra forma pela síntese com outro animal ou objeto.

Por exemplo, podemos usar como tipo base um touro (mamífero) e combinar com humano, para formar um minotauro; podemos usar uma ave como base e colocar asas de inseto e uma calda de folhas; ou ainda criar uma cidade onde os prédios tem a forma de instrumentos musicais. Apenas tenha cuidado para não formar uma quimera com muitas características desnecessárias ou que não sejam atrativas, Para isso deve-se aplicar o método da Subtração, descrito no Super Manga Matrix: “um personagem é analisado para identificar qualquer característica desnecessária ou que faltem alguma qualidade atrativa. Estas características são reduzidas para enfatizar elementos mais importantes. A simplificação pode ser feita reduzindo o tamanho de um elemento, reduzindo sua cor ou fazendo-o menos percebível. Isto ajuda a dar destaque a parte que você quer enfatizar.”.

TabelaVazia copy.png

Para ajudar ainda mais em quais partes serão alteradas, criei outra tabela que procurei minuciar todas as partes possíveis.

TabelaPartes-3

Tabela detalhada das Partes. Tamanho Original.

Resumo do Método para as Formas:

  1. Decomponha o objeto em partes menores.
  2. Identifique quais partes serão alteradas e como serão.
  3. Aplique as Operações Básicas sobre estas partes.
  4. Repita quantas vezes for necessário.
  5. Identifique e subtraia os elementos menos importantes.
  6. Profit!

No próximo post, detalhei  o processo para a escolha da vestimenta de nossas criaturas. Até lá!